Avaliação Física e Entrevista

Avaliação Física - MORFOFUNCIONAL

Qual o objetivo da Avaliação Física?

A avaliação física tem como objetivo estabelecer os parâmetros iniciais para correta prescrição de exercícios físicos. Além disso, a Avaliação também coleta dados e os armazena para ajudar na análise do progresso do treinamento físico. Ela também ajuda a definir melhor o objetivo a ser alcançado e a melhor estratégia a ser adotada.

É composta por: Anamnese, questionário de estratificação de risco para o exercício proposto pelo American Heart Association (AHA) e pelo American College of Sports Medicine (ACSM), teste de Esforço Cardiorrespiratório, análise detalhada de todos os exames relacionados a pratica de atividades físicas (exames ortopédicos, exame de sangue, exames cardiológicos e clínicos), testes Ortopédicos e Osteomioarticulares, Avaliação postural, Composição Corporal, Perimetria.

Anamnese

Anamnese é uma entrevista, que tem a intenção de ser um ponto inicial no diagnóstico de um problema. Em outras palavras, é uma entrevista que busca levantar o máximo possível de informações que se relacionam com o problema e com o cliente.

Uma Anamnese, como qualquer outro tipo de entrevista, possui formas ou técnicas corretas de serem aplicadas. Ao seguir as técnicas pode-se aproveitar ao máximo o tempo disponível para o atendimento, o que produz um diagnóstico seguro para um tratamento correto.

Sabe-se hoje que a Anamnese, quando bem conduzida, é responsável por 85% do diagnóstico.

Perimetria

A Antropometria é a ciência que estuda e avalia o tamanho, o peso e as proporções do corpo humano, através de medidas de rápida e fácil realização. As medidas Antropométricas são feitas de forma correta, seguindo uma metodologia definida, a fim de que os resultados sejam claramente entendidos. A Antropometria apresenta informações valiosas para a predição e a estimação dos vários componentes corporais. Selecionamos padrões e protocolos que consideramos de relativa importância para a avaliação antropométrica.

Inserido na avaliação da Antropometria, a circunferência abdominal, quando associado a outros fatores como diabetes, hipertensão, colesterol e triglicerídeos elevado e obesidade, configura-se na síndrome metabólica.

Composição Corporal

A mensuração do Percentual de Gordura (%G) através da análise das pregas cutâneas é uma técnica simples e com alto fidedignidade. É o método preferido dos pesquisadores na área do exercício físico, além de se relacionar otimamente com técnicas mais sofisticadas. Os valores das dobras cutâneas são encontrados se utilizando instrumento específico, denominado Compasso de dobras cutâneas. Existem dezenas de protocolos diferentes para determinação do percentual de gordura. Utilizaremos o protocolo que mais de adequar com o seu perfil biológico.

Somatotipo

O Somatotipo é uma técnica de classificação física do corpo, que define a característica corporal de um indivíduo.

Sheldon (1950), dividiu a estrutura física do ser humano em três componentes: Endomorfia (refere-se à adiposidade), Mesomorfia (refere-se à musculosidade) e Ectomorfia (refere-se à magreza).

Embriologicamente, o formato do corpo humano deriva de três tecidos básicos, encontrados no Zigoto humano a partir da terceira semana de existência.

São três camadas embrionárias que formam, cada uma, uma parte específica do corpo humano ao longo do seu desenvolvimento fetal e depois define o indivíduo na vida adulta (Zigoto, Cistoblasto e Gástrula).

Endomorfia


A Endomorfia apresenta como principal característica da estrutura física o arredondamento das curvas corporais. Considera-se um indivíduo obeso um bom exemplo de Endomorfia plena, pois o relevo muscular praticamente não é notado. Aparecem grande volume abdominal, pescoço curso e ombros quadrados.

Mesomorfismo


O Mesomorfismo é considerado o segundo componente do Somatotipo de Sheldon. Entre as principais características, destacam-se o grande relevo muscular aparente, com contornos predominantes na região do trapézio, deltóide e abdômen, bem como uma estrutura óssea mais maciça, principalmente na região do punho e antebraço. A presença da gordura corporal é pequena, permitindo uma boa visualização do arcabouço muscular.

Ectomorfismo


O Ectomorfismo pode ser identificado por uma linearidade corporal, com discreto volume muscular e discreta presença de tecido gorduroso, podendo ser considerado como o componente da magreza.

Fatores Hemodinâmicos - Glicose

A Glicose é uma açúcar simples que fornece energia para todas as células do corpo. As células captam glicose do sangue e a quebram para obter energia. Algumas células, como as células cerebrais e as células sanguíneas vermelhas, dependem somente da glicose para combustível. A glicose do sangue vem dos alimentos que comemos.

Quando comemos um alimento, a glicose é absorvida pelos intestinos e distribuída, através da corrente sanguínea, para todas as células do corpo. O corpo tenta manter um suprimento constante de glicose para as célula, mantendo uma concentração constante de glicose no sangue, caso contrário, as células teriam mais glicose do que o necessário logo após a refeição e ficariam sem nada entre as refeições e durante a noite. Portanto, quando você tem um suprimento excessivo de glicose , o corpo armazena o excesso no fígado e no músculo, fabricando Glicogênio, que é feito de cadeias longas de glicose. Quando as reservas de glicose estão baixas, o corpo mobiliza a glicose armazenada como glicogênio e/ou nos estimula a comer. O importante é manter um nível constante e glicose no sangue.

Fatores Hemodinâmicos — Colesterol

O Colesterol é uma substância lipídica que pode ser encontrada tanto na carne de animais e seus derivados (Colesterol Exógeno) como sintetizada no organismo pelo fígado (Colesterol Endógeno). Ele pertence à classe das moléculas chamadas de Esteróides e é encontrado de várias formas na corrente sanguínea e em todas as células do corpo. O Colesterol é essencial para formação e manutenção das membranas celulares, formação de hormônios sexuais, produção dos sais da bílis (que ajudam a digerir a comida) e na conversão de vitamina D para a pele.

Aproximadamente 85% do nível sanguíneo de Colesterol são endógenos, enquanto 15% não exógenos, ou seja, de fontes externas.

O LDL Colesterol ou de lipoproteína de baixa densidade, é o maior carregador de colesterol no sangue. Ele corresponde à 75% do Colesterol em circulação. Altos níveis destes LDLs estão associados com a Aterosclerose.

O HDL Colesterol ou de lipoproteína de alta densidade é o responsável por transportar o Colesterol das células para o fígado, eliminando-o pela bile e fezes. Fornece proteção contra a aterosclerose, e baixos níveis de HDL Colesterol está associado a uma maior risco de doenças cardiovasculares.

Fatores Hemodinâmicos — Triglicerídeos

A Glicose é uma açúcar simples que fornece energia para todas as células do corpo. As células captam glicose do sangue e a quebram para obter energia. Algumas células, como as células cerebrais e as células sanguíneas vermelhas, dependem somente da glicose para combustível. A glicose do sangue vem dos alimentos que comemos.

Quando comemos um alimento, a glicose é absorvida pelos intestinos e distribuída, através da corrente sanguínea, para todas as células do corpo. O corpo tenta manter um suprimento constante de glicose para as célula, mantendo uma concentração constante de glicose no sangue, caso contrário, as células teriam mais glicose do que o necessário logo após a refeição e ficariam sem nada entre as refeições e durante a noite. Portanto, quando você tem um suprimento excessivo de glicose , o corpo armazena o excesso no fígado e no músculo, fabricando Glicogênio, que é feito de cadeias longas de glicose. Quando as reservas de glicose estão baixas, o corpo mobiliza a glicose armazenada como glicogênio e/ou nos estimula a comer. O importante é manter um nível constante e glicose no sangue.

Pressão Arterial

A pressão arterial é a pressão exercida pelo sangue contra a superfície interna das artérias. A força original vem dos batimentos cardíacos. A Pressão Arterial viria a cada instante, seguindo um comportamento cíclico. Se chama ciclo cardíaco o conjunto de acontecimentos desde um batimento cardíaco até o próximo seguinte.

A pressão arterial sistólica no momento em que o coração ejeta seu conteúdo na Aorta, sob energia máxima, gerando força máxima e conseqüentemente pressão máxima. Esta fase do ciclo se chama sístole.

Imediatamente antes do próximo batimento cardíaco, a energia é mínima, com a menor força exercida sobre as artérias em todo o ciclo, gerando portanto a menor pressão arterial do ciclo cardíaco. Essa fase é chamada de diástole, sendo que a pressão neste instante é chamada pressão arterial diastólica.

Questionário de Estratificação de Risco


O questionário de estratificação de risco é proposto pelo American Heart Association (AHA) e pelo American College of Sports Medicine (ACSM). É uma questionário de triagem pré-participação onde o encaminhamento médico é recomendado de acordo com as respostas afirmativas respondidas pelo cliente. É um questionário internacional padronizado. É um forma rápida e simples de identificar fatores que podem aumentar o risco de infartos ou mal súbitos, proporcionando maior segurança e conforto durante a realização de atividades físicas.

Teste de Esforço Cardiorrespiratório


Mais conhecido como teste Aeróbio ou teste de Aptidão Física, o teste Cardiorrespiratório determina o nível de condicionamento físico ou VO2 máximo. Em esforço máximo, reflete a capacidade máxima de captação, transporte e utilização de oxigênio. O resultado é um valor numérico representado sob a unidade ml/kg/min, que determinará a melhor estratégia a ser adotada para cada pessoa.

Existem dezenas de protocolos para determinar o VO2 máximo. Os protocolos podem ser realizados dentro de fora de Academias de Ginástica ou Laboratórios. Além disso eles também podem ser realizados em Esteiras, Bicicletas ou Transports.

Na NB FIT realizamos dois protocolos. Na esteira utilizamos o protocolo proposto pelo ACSM e na bicicleta o protocolo de Astrand.

Testes Ortopédicos e Articulares


A compreensão exata dos princípios anatômicos e biomecânicos proporciona os fundamentos para a avaliação precisa das condições ortopédicas e neurológicas relacionadas. A avaliação completa não se limita apenas ao exame físico. É necessário também um procedimento apropriado para avaliação dos problemas ortopédicos e neurológicos relacionados, tendo como objetivo uma prescrição de exercícios mais exata, individualizada e segura.

Se torna cada vez mais comum a incidência de pessoas com desgastes degenerativos e/ou com lesões articulares desconhecidas. A falta de consentimento desses tipos de desgastes e lesões levam à uma prescrição errada, insegura e que podem agravar, na maioria das vezes, esses quadros.

Avaliação Postural


A avaliação do sistema músculo-articular é um dos testes mais utilizados na orientação e prescrição de treinamento em academias. Este deve ser utilizado no sentido de identificar possíveis desequilíbrios posturais que podem sofrer influência na prática de exercícios.

Os desequilíbrios posturais podem ser estruturais ou funcionais. Quando são classificados como estruturais, é porque já houve dano nas estruturas ósseo-articulares, nas quais já existe uma degeneração, não podendo ser revertida. Os exercícios devem ser utilizados com objetivos de fortalecer e dar funcionalidade às estruturas lesadas, no sentido de conservar o desequilíbrio, não deixando existir um aumento da degeneração.

Os desequilíbrios funcionais podem ser recuperados através dos exercícios físicos. Nas regiões que estão com desequilíbrios funcionais, podemos notar que quando sofrem uma manipulação do avaliador, verifica-se um ajuste à postura ideal. O mesmo não é encontrado nos casos de desequilíbrios estruturais.

É importante lembrar que a avaliação do equilíbrio postural tem como principal objetivo identificar os desequilíbrios músculo-articulares, e orientar nos exercícios que devem ser evitados e enfatizados no programa de treinamento, mantendo sempre o cliente na prática de exercícios. A vida sedentária só vai agravar ainda mais os possíveis desequilíbrios.

Recomendações Gerais


Para realizar uma Avaliação Física é necessário seguir as seguintes recomendações:

  • Usar roupas apropriadas e confortáveis. Homens devem utilizar Short, Camiseta e Tênis. Mulheres devem utilizar Bermuda de lycra ou short, top e tênis.
  • Alimentar-se levemente com 1 hora de antecedência
  • Não fumar
  • Não consumir no dia; álcool, chá ou café
  • Não realizar atividade física com 12 horas de antecedência
  • Procurar chegar 10 minutos de antecedência do horário marcado